Início > Actualidade, Futebol > Bom DIA para ver futebol – 27ª Jornada

Bom DIA para ver futebol – 27ª Jornada

Foi uma tarde agradável a que se passou hoje no Estádio da Luz, não por estarmos já arredados da luta pelo título, obviamente, mas pelo simples facto de ter notado aquele salutar velho ambiente domingueiro da família, crianças muito pequenas incluídas, que simplesmente vão ver um jogo de futebol, torcer pelo seu Benfica sem maldades, sem javardices, sem porquices e sem mal dizências. Como me apraz ver criancinhas vestidas com o seu equipamento ou com o seu cachecól maior que elas, virem ver o nosso glorioso e como é triste verificar que um ambiente deste só é possível ou quando jogamos com equipas fraquinhas ou quando já estamos fora da luta do título. Mas isso foi certamente o que muitos pensaram, um jogo de dia, sem grandes alaridos e sem atropelos simplesmente  ver o jogo pelo jogo e ir para casa feliz e contente se possível com mais uma vitória do glorioso, podem não acreditar, mas fez-me lembrar os meus tempos de criança quando ía ao nosso estádio assistir o glorioso dar uma cavazadazita a um qualquer Beira-Mar que se apresentá-se pela frente.

Falemos do jogo, Jesus a cumprir castigo escalonou um 11 em que se nota uma maior preocupação com a construção de jogo, Pablo Aimar com a braçadeira de capitão o que aliás lhe fica tão bem e Carlos Martins são disso a prova que Jesus não quis facilitar na armação de jogo a meio campo. Na baliza esteve um Júlio César sem grande trabalho, sofreu um golo sem qualquer culpa e ainda brilhou nalgumas situações de aperto. O quarteto defensivo foi o sector que mais calafrios nos deu, composto por Carole, Sidnei, Roderick e Luis Filipe, se bem que na segunda parte subíu de nível tal como a restante equipa. Carole esteve bem melhor com a ajuda do César que com a do Fernandez, Sidnei é capaz do melhor e do pior, marcou um golo, mas também falha bolas aparentemente fáceis de resolver o que pode comprometer a equipa, Roderick também não fica isento de algumas falhas graves que podíam ter dado mau resultado o melhor dos 4 pasme-se para mim até foi Luis Filipe até à lesão que o obrigou a sair, foi o que menos comprometeu e até estava combativo qb. No meio campo o Airton não comprometeu está sempre a cheirar a bola e parece-me um valor seguro para aquela posição, Carlos Martins e Pablo Aimar foram os municiadores e rebocadores da equipa quase sempre certos nas suas decisões. Jara subíu muito na 2ª parte com o apoio do Maxi que entrou a substituir o Luis Filipe, falta de raça e querer ninguém lhe pode acusar e acaba por marcar um golo de excelente recorte técnico. Kardec para mim foi a par do Carlos Martins o melhor em campo é certo que não marcou golos mas pelo que combateu, ganhou muitas bolas aéreas, segurou bolas, fez uma boa assistência para o 1º golo e ainda enviou uma bola ao poste. Cardozo entrou para o lugar de Pablo e sem grandes notas de registo, aliás parece-me a mim que o Cardozo está a perder espaço no Benfica, como é que iremos resolver esta situação, não sei, mas parece-me óbvio que o Cardozo já não está com toda a sua alma no Benfica. César Peixoto que entrou muito bem aliás, como o fez na Holanda, parece-me claro o crescendo na sua auto confiança mesmo com a habitual desconfiança nos assobiadores, César fez totalmente esquecer um Fernandez apagadíssimo, a única nota de registo vai para um excelente cruzamento para a cabeça do Kardec e ainda proporcionou uma maior liberdade ao Carole. Só houve um jogador dos quadros do Beira Mar que marcou um golo e foi o único que o tal repete pénaltis Elmano Santos e o seu auxiliar decidiram anular vá-se lá saber porquê? O livre se era indirecto deixou de o ser a partir do momento em que tocam na bola, fora de jogo também não podía ser já que é na própria baliza esta é só mais uma para juntar a tantas outras esta época, este golo mesmo a acabar a 1ª parte, por acaso acabou por não influenciar o resultado final, mas influenciou a tranquilidade e nos jogadores e nos adeptos, ao Aimar valeu-lhe um cartão amarelo. Nota ainda para o excelente golo obtido por Yartey, que como todos sabemos pertence ao Benfica e está emprestado ao Beira Mar, mas em que ele próprio abre os braços a pedir desculpa e ajoelha-se no relvado numa atitude que lhe fica bem e que nos levou de algum modo a “desculpá-lo” e inclusivé  a ser aplaudido pelo seu grande golo.

Quarta feira já não é para as famílias irem à bola, pois estes dirigentes assim o obrigam, e temos cá aqueles adeptos javardosos, é sim para o glorioso gerir uma vantagem de 2 golos obtidos no estádio do ladrão e para a equipa sentir e provar que não é nada inferior a esta equipa do fcp.

Carrega Benfica!

Anúncios
Categorias:Actualidade, Futebol Etiquetas:,
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: