Início > Futebol, Liga Portuguesa > 1ª Jornada – Plantel novo, época nova, mister antigo

1ª Jornada – Plantel novo, época nova, mister antigo


Foi com uma grande raiva e desespero que assistímos à continuação da época passada neste primeiro jogo da época com o Gil Vicente, mas desta vez não existe aquela velha desculpa de não termos opções no banco, bem pensando melhor até existe mas só na defesa e que devía ter sido mais bem preparada e resguardada, podemos ter um quarteto de grande nível na defesa mas infelizmente não temos opções para os substituir e foi assim que Jardel substituíu o Luisão castigado.

É inadmissível que uma equipa como o Benfica esteja a ganhar 2 a zero contra um recém promovido e já com competição oficial nas pernas, se deixe empatar sem qualquer esboço de reacção no horizonte nos restantes minutos de jogo, um dos grandes pontos fortes deste ano que me parece o meio campo tem qualidade suficiente e de sobra para poder trocar a bola sem ser importunado e se se apanhar a ganhar ainda mais essa gestão terá de ser evidente.

Jorge Jesus, não sabe reagir nos momentos adversos e neste jogo mais uma vez devía ter chamado a si toda a responsabilidade deste mau resultado o que mais uma vez não aconteceu, temo que, ou o Benfica volta a um grande estado de graça e começa a encarrilhar com vitórias ou a época acaba mais cedo para o JJ.

O Benfica perdeu claramente poder de fogo com a saída do Carlos Martins e o outro que pode chutar de longe que nem saíu do banco e o outro que nem no banco estava, nem sequer meteu um ponta de lança de raíz com 1 substituição para fazer… Este jogo mais uma vez prova a todos aqueles que não querem ver que o Aimar, o Luisão e o Cardozo são elementos demasiadamente influentes e sem sombra de dúvidas precisos neste plantel e que o Jorge Jesus lida com grande dificuldade as adversidades.

Não quero de maneira nenhuma atirar a toalha ao chão, coisa que obviamente nunca se faz na 1ª jornada, mas que as coisas terão de mudar muito, isso é por demais evidente… Outra coisa que me deixou intrigado foi o Gaitán depois de ser substituído e quando passou pelo Jesus, será que há ali mais algum caso ou será apenas o jogador insatisfeito com a sua exibição…

Para a história fica o resultado 2-2 golos de Nolito e de Saviola, em mais um ano em que o Benfica não consegue iniciar uma época com uma vitória e desta vez ao contrário da anterior, não se pode queixar da arbitragem, apenas de si próprio! Espero melhores dias e como sempre vou continuar a apoiar para que isso aconteça rapidamente, mas a paciência admito que não está nos seus melhores dias.

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: