Arquivo

Posts Tagged ‘Taça de Portugal 2011-2012’

E pró ano há mais…

Fomos eliminados da taça de Portugal na primeira derrota da época. Foi uma triste deslocação, esta à Madeira, não se entende como Jorge Jesus, depois de assumir claramente que esta sería uma das competições com prioridade e de já estar apurado para a Champions, efectue tanta mexida na equipa como aquela que se verificou. Foi pelo menos meia equipa mudada, Eduardo em vez de Artur, Ruben Amorim em vez de Máxi, Matic em vez de Jávi, Saviola em vez de Aimar e Nolito em vez de Bruno César… Já não vou falar do Rodrigo pois tem oscilado ultimamente no 11 inicial. Relembra-se que o Marítimo ainda não perdeu em casa esta época e está em cima do scp no campeonato, tendo inclusivamente já ganho no estádio do fosso este ano. Analisando friamente o jogo e as oportunidades que tivémos podemos concluir que o Benfica até podía ter resolvido a partida mais cedo, com oportunidades claríssimas de golo, Rodrigo esteve bem mais perdulário que noutras ocasiões, mas a atitude que o Benfica hoje teve nos Barreiros deixava antever um desfecho triste, algo amorfo e excessivamente confiante num resultado que aparecía do céu ao intervalo. Benfica sem Aimar é deserto de ideias e mais uma vez o JJ percebeu isso tarde demais, jogadores a perder ritmo à medida que o jogo avança e JJ a tardar em mexer na equipa, fica ainda aquela substituição do Máxi a 6 minutos do fim que não lembra a ninguém, o Benfica acaba o jogo se meio campo e sem fio condutor… Este jogo também põe a nú e mais uma vez as carências de que falamos do início da época, em especial e na minha opinião, os defesas laterais, Jardel neste jogo não compremeteu e até se pode considerar dos melhores no lado do Benfica. Enfim, o Marítimo acaba por fazer dois grandes golos em especial o primeiro, que é um daqueles em 50 tentativas, mas acaba por merecer este resultado, pois soube sofrer e encarar esta partida com seriedade. Não concebo que o Benfica vá perder outra vez à Madeira, agora para o campeonato e espero que mais uma vez nas horas da decisão final não se deixe embarrilar como na época passada, que este jogo sirva de grande exemplo mais uma vez de como não encarar eliminatórias decisivas com leviandade, sem chama, sem querer e com esta inépcia. Não espero menos que ser campeão e não pode ser esta derrota que nos afaste e que nos faça perder esse rumo. Para o ano há mais taça de Portugal e quarta feira teremos o Otelul na luz para a champions, onde estarei mais uma vez, sempre a apoiar o nosso Benfica, FORÇA BENFICA SEMPRE CONTIGO!

Rodrigolo decide… Mais uma vez!

Mais um golo decisivo num jogo a eliminar por parte de Rodrigo Machado, dá a passagem ao Benfica à próxima fase da taça de Portugal. Foi um jogo muito difícil onde o Benfica mais uma vez andou algo perdulário o que levou a Naval a crescer e a sonhar que podía eliminar o glorioso. O mau tempo, com um terreno muito alagado em água  não ajudou a equipa do Benfica que era a única equipa que quis construir jogo, mas sempre com uma Naval pronta a chegar à grande área do Benfica com algum perigo e em contra ataques rápidos.  A equipa acabou por cumprir com o objectivo num golo já perto do fim pelo inevitável Rodrigo. Agora temos Old Trafford para desfrutar e onde todos esperamos uma resposta digna do nome de Benfica.

Categorias:Futebol Etiquetas:,

Missão cumprida

O Benfica bateu o Portimonense na 1ª eliminatória da edição de 2011-2012 da taça de Portugal, não foi uma exibição de encher o olho mas deixa mais uma vez patente que existem jogadores que actualmente não são opção habitual com grande valor no plantel, os golos só apareceram na segunda parte numa bola parada do Bruno César e de um golo num movimento típico de avançado por parte de Rodrigo Moreno com assistência de Bruno César. Notou-se na primeira parte a natural falta de entrusão e de ritmo de jogo, por parte de alguns jogadores, mas ainda assim o Benfica especialmente em remates de longe criou mais perigo, Nélson Oliveira, Matic e Capdevilla a atirar ao poste. Nolito também levou um cartão amarelo num fora de jogo que não existe. Miguel Vitor adaptado a defesa direito não foi importunado, mas o Miguel não é lateral e o David Simão também esteve sempre a querer pegar no jogo mas a não ser fácil com um Portimonense muito recolhido na defesa. O que conta são os 2 golos e o Benfica vai para o 2º jogo da taça de Portugal, vamos ver se desta vez o sorteio irá ser feito com bolas quentes ou normais.

Categorias:Futebol Etiquetas:
%d bloggers like this: